13 novembro 2012

Ensino

Já não me lembro bem quando mas provavelmente há perto de 3 anos, deparei-me com um fórum sobre ensino doméstico. Explorei um pouco, achei interessante e pensei que seria brasileiro pois nunca me passou pela cabeça ser legal em Portugal.
Grávida do quarto filho, a trabalhar como professora de ensino especial, tive de ficar de baixa. Nesse tempo, quase todo passado deitada, tive bastante oportunidade para explorar o tema. Afinal o fórum era português e o ensino doméstico, embora pouco conhecido, legal. A ideia começou a ganhar corpo. O meu gosto pelo ensino, os problemas do sistema educativo, a dificuldade em arranjar emprego, a vontade de estar aqui para ver todos os seus progressos, o conhecer de mais pessoas nesta situação, fizeram que a ideia se tornasse a realidade.
O ano passado quando inscrevi o R. no 1º ano não existiram dúvidas, matriculámos-o em ensino doméstico. A experiência foi boa e por isso este ano temos oficialmente dois estudantes em ED.

1 comentário:

Anónimo disse...

fala um poucquinho sobre o piolho 5 :)
como se chama??